Estações de Moscou por David Burdeny

As estações de metrô de Moscou são verdadeiras jóias subterrâneas que valem muito a pena serem visitadas. São diversas colunas de bronze, mosaicos de cores vivas, paredes de mármore e lustres magníficos que compõem cada estação, tornando uma mais encantadora do que a outra.

As fotografias foram feitas pelo fotógrafo canadense David Burdeny que, passou duas semanas registrando as estações de metrô enquanto estavam vazias, entretanto para isso foi necessário solicitar permissão ao governo russo. Burdeny é o único fotógrafo profissional do mundo que teve a oportunidade de fotografar os túneis.

Construído no ano de 1935 , o luxuoso sistema de trens foi projetado como uma forma de propaganda comunista. Dentre as estações  há uma variação de designs, que vão desde estruturas palacianas de mármore e granito até o mais moderno ferro e vidro, revelando os ideais estéticos, esperanças e fracassos da Rússia comunista, essas imagens revelam que essas estações foram concebidas como meros espaços de transição. Em vez disso, eles podem ser experimentados como palácios subterrâneos, um movimento ideológico deliberado para glorificar o jovem país soviético. É a arquitetura contando história.

Related Posts

Leave a comment